Marketing 29 de janeiro de 2021

O que são gatilhos mentais e como usá-los no marketing digital?

Você já reparou que fazemos algumas coisas da nossa rotina de maneira automática? É por isso que os gatilhos mentais são usados no marketing digital: para levar o usuário a realizar uma ação.

Mas como colocá-los em prática? Continue lendo para saber tudo sobre o assunto.

Por que investir nos gatilhos mentais nas estratégias de marketing?

Resumidamente, eles funcionam como um estímulo que age diretamente no nosso cérebro e nos ajuda a tomar uma decisão. Para isso, despertam emoções e resgatam lembranças que nos motivam a realizar determinada ação.

Isso acontece porque o nosso cérebro executa algumas atividades de maneira automática, o que possibilita que foquemos a nossa energia em situações mais complexas. Caso contrário, a nossa mente viveria exausta, não é mesmo?

Quando um gatilho mental é aplicado da forma correta, você consegue criar uma conexão emocional e afetiva com o público. Assim, faz com que ele consuma o seu produto ou serviço oferecido.

Por ser uma ferramenta poderosa de persuasão, é cada vez mais explorada na área de marketing e vendas. Mas é preciso ter ética e responsabilidade, evitando fazer propaganda enganosa ou prometer mais do que realmente se pode oferecer.

Além disso, a ideia do gatilho mental é criar uma conexão verdadeira com o público e proporcionar uma boa experiência. Dessa forma, ele se torna fiel à sua marca e pode indicá-la para conhecidos, aumentando o número de clientes.

Abaixo, separamos 8 exemplos que podem te ajudar a entender melhor como incluir essa tática no seu negócio. Veja só.

8 exemplos de gatilhos mentais para utilizar na sua estratégia 

Como dissemos, os gatilhos mentais são recursos poderosos para a sua estratégia de marketing. Por isso, listamos 8 exemplos bastante usados que você deveria conhecer.

Escassez

Um dos mais populares entre as equipes de marketing e vendas. Isso porque está relacionado ao nosso instinto de sobrevivência, que nos leva a consumir determinados itens antes que eles acabem.

Ou seja, ele gera urgência na ação e explora a raridade e a exclusividade de acesso. Com isso, a pessoa toma uma decisão com rapidez para não correr o risco de ficar sem o produto ou serviço.

Alguns exemplos são: “Vagas limitadas”, “Últimos dias”, “Só até amanhã!”

Autoridade 

Este é outro gatilho mental usado pelo setor de marketing. Afinal, o público tem uma forte tendência a atender chamados e consumir produtos de marcas com reconhecimento no mercado.

Para isso, uma das melhores maneiras é produzir conteúdo relevante e de qualidade para sua audiência. Assim, você mostra o quanto domina sua área e compartilha o que sabe, expondo sua especialidade e autoridade no assunto. Com isso, consegue gerar um sentimento de confiança nos seus consumidores.

Outra forma é convidar personalidades influentes na sua área de atuação para falar sobre o seu produto ou serviço. 

Prazer e dor

Esta opção é ativada quando somos recompensados por algum esforço ou nos sentimos lembrados e amados, por exemplo.

Então, é importante demonstrar ao cliente a transformação que o consumo da sua marca pode levar à vida dele. No entanto, é fundamental estudar a sua persona e a jornada do consumidor.

Para incluir um desses gatilhos mentais, é preciso conhecer as dores que a persona deseja evitar e os prazeres que ela busca.

Storytelling 

Aqui na Narro, utilizamos muito esse gatilho mental. Isso porque ele é um dos melhores métodos para criar uma conexão verdadeira entre o público e a empresa.

Para isso, contamos uma história que transmita ao público a jornada do negócio, desde a descoberta de um problema até a transformação gerada na vida do consumidor. Assim, é possível provocar reações e compartilhar sentimentos reais, que criam uma aproximação com a audiência.

Inclusive, você pode apostar no storytelling para transmitir o posicionamento e os valores da empresa para se conectar ao cliente. Afinal, quem não gosta de uma boa história, não é mesmo?

Reciprocidade 

Se você quer levar o usuário a uma ação, um dos gatilhos mentais mais eficientes é o da reciprocidade. Sua finalidade é oferecer algum benefício de valor primeiramente. Dessa forma, o usuário sente a necessidade de retribuir.

Essa opção é muito utilizada no inbound marketing, quando uma empresa oferece de forma gratuita um material relevante. Em troca, o usuário disponibiliza seu contato e permite o envio de mensagens para estreitar o relacionamento.

Outro exemplo é a estratégia da Netflix, que oferece um mês grátis para o visitante conhecer a plataforma. Esse tipo de ação desperta no usuário a vontade de se cadastrar.

Novidade

Por si só, algo novo já é capaz de estimular o interesse. Isso porque cria a expectativa de que o novo produto ou serviço será uma cura para certa dor ou transformará a vida para melhor.

Então, estimular essa expectativa no público pode ser uma ótima forma de levá-lo a consumir a sua marca.

Por exemplo, os lançamentos de camisas de times de futebol a cada temporada. Embora elas sejam bem parecidas com as anteriores, os torcedores correm para garantir a nova versão.

Inclusive, a Apple é outra empresa que investe em lançamentos e novidades. Assim, ela atrai a atenção do público e o leva ao consumo de um novo produto.

Prova social 

Dentre os gatilhos mentais mais utilizados no marketing está o da prova social. Ele busca convencer o cliente de que ele precisa de certo produto ou serviço para fazer parte de uma comunidade.

A empresa pode usar depoimentos de outros clientes que mostrem os bons resultados obtidos com o consumo do produto ou serviço. Também é possível mostrar o número de pessoas que já consomem a marca.

Além disso, também dá para usar depoimentos de influenciadores e personalidades que falem sobre os benefícios de consumir a sua marca. Assim, você aflora o interesse de um cliente para saber mais sobre o seu negócio.

Curiosidade

Um dos mais motivadores, é muito usado em títulos de blogs e e-mails para aguçar a vontade de consumir o conteúdo.

Por isso, você pode explorar esse gatilho mental no lançamento de um produto, por exemplo. Para isso, aposte em teasers para aguçar a curiosidade e a expectativa sobre o novo produto ou serviço.

Explore as melhores estratégias para sua marca com a Agência Narro

Como pôde ver, os gatilhos mentais podem agregar muito na sua estratégia de marketing digital. No entanto, para gerar o resultado esperado, você deve usá-los com responsabilidade.

Para isso, você pode contar com a Narro!

Especialistas em inbound marketing, estamos prontos para definir a melhor estratégia para fortalecer a sua marca no mercado.

Quer saber mais sobre os nossos serviços? Clique aqui e agende uma conversa com o nosso time.